Viver o inesperado

Viver o inesperadoDesde muito cedo a gente tem mania de planejar a vida. Claro que planejamento é importante, mas algumas coisas só tem graça mesmo quando pega a gente de jeito, não é verdade? É como um beijo inesperado dado por aquela pessoa que mal percebíamos, mas que depois dos lábios dela terem tocado os seus, algo muito mágico acontece e passamos a querer mais e mais.

Na vida profissional também não é diferente. Passamos tantos anos estudando, decidindo que profissão seguir, estagiando pra caramba, vivenciando uma rotina corporativa vista como “perfeita” para alguns e se especializando numa área que acreditamos “nascer para aquilo”, que algumas vezes esquecemos que na vida real muitas circunstâncias inesperadas surgem e de repente, nada mais parece ter sentido. Confuso? Sim. Mas depois de reorganizadas as ideias, a sensação pode ser justamente semelhante ao tal “beijo mágico”.

Por isso, quando a correnteza da sua vida mudar o percurso para mares mais bravos, não desperdice a oportunidade de enxergar tais adversidades como oportunidades de explorar o inesperado. Reinvente-se, faça e aconteça. A experiência pode ser até mais surpreendente do que aquela que tempos atrás você mal poderia imaginar ser capaz de viver. E acredite, você vai gostar de navegar neste novo mar!

Daniella, a intensa

Sobre Daniella, a intensa

Para viver preciso acreditar nos sentimentos mais profundos que a alma humana pode oferecer. O infinito para mim é bastante atraente e o "meio termo" praticamente não existe. Tenho uma alma intensa, carismática, dramática. E é com toda essa intensidade que procuro dar o meu melhor como mãe, esposa, filha, irmã, amiga, jornalista, poetisa!

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *