Viagens e toques

 

Viagens e toques 1

Viajo hoje para a Suíça, um dos países mais lindos e organizados que conheço! então resolvi escrever hoje, sexta-feira.

Minha ideia inicial era escrever sobre viagens, mas surtei com meu marido devido a sua grande, enorme, super “desorganização”. Quando que casei, eu tinha vinte anos e não percebi isso, quando percebi, já era tarde! E com o passar dos anos, ele vem piorando nesse quesito. No momento do meu surto, eu estava arrumando as malas e não encontrei fita adesiva no lugar onde deveria estar.

Meu marido disse: -Você quer que as coisas estejam no lugar por vinte anos! Eu respondi: -Não, não quero que as coisas estejam no lugar por vinte anos, eu quero que elas estejam no lugar por cinquenta anos! Assim quando eu não conseguir enxergar mais direito, eu posso encontrá-las com o tato! E meu marido não discutiu.

Passado algum tempo, ele começou a citar o Roberto Carlos e seus “toques” como usar azul e branco, manter as coisas arrumadas no lugar, etc.

Então respondi: – Ser organizado é toque? Vou me casar com o Roberto Carlos e passar o resto da minha vida usando azul e branco e com minhas coisas todas no lugar!

Eu tenho uma amiga que se parou do marido, entre outras coisa por causa de sua organização. Ela é como eu, adora viajar. Ela me contou que em uma de suas viagens, conheceu uma cara fantástico no avião, nativo do país para onde ela estava indo, conversaram a viagem toda e ele ficou de ligar para ela no hotel e ligou.

Ela pensou: – estou viajando mesmo, nunca mais vou ver esse homem. E saíram. ela me contou que quando ele tirou a camiseta e a dobrou e colocou no encosto da cadeira no quarto, ela se apaixonou na hora, pois ela sempre diz que seu sonho de consumo é terminar seus dias com um homem organizado!

Bem, o meu sonho também! Mas diante da impossibilidade, viajo para a linda e organizada Suíça, onde tudo funciona, onde o trens passam realmente 10:02 e as coisas sempre estão organizadas e no lugar onde devem estar.

Encontrei um texto muito interessante sobre “Manias” de Ana Mello no site https://www.recantodasletras.com.br/cronicas/720831

Manias – Ana Mello

Dos vários significados que meu amigo Aurélio apresenta, o melhor,
diz que mania é uma idéia fixa, obsessão. Mau costume, também é bem significativo. Ou extravagância, esquisitice.

Dizem por aí que vamos ficando velhos e as manias aumentam e se consolidam. É verdade, eu observo nos mais velhos do que eu. Poucos conseguem controlar aquele impulso profundo de dar sua opinião. Essa é uma mania das mais chatas.
Repetí-la muitas vezes então, é maçante.

Já descobri também que é quase inevitável ter manias na velhice, muitas vêm da juventude mesmo, condenamos e depois de um tempo fazemos igual, sem cerimônia alguma.

Uma amiga me enviou uma oração sob o título “Oração para ser uma velhinha legal”. Vou fazer todos os dias e envio cópia a quem precisar.
Separei algumas frases, as mais interessantes.
Livrai-me Senhor: da tolice de achar que devo dizer algo em toda e qualquer ocasião. Deste desejo enorme que tenho de querer pôr em ordem a vida dos outros. Da tolice de querer contar tudo com detalhes e minúcias e dá-me asas para voar diretamente ao ponto que interessa. Já descobri que pessoas que acertam sempre são maçantes e desagradáveis. Livrai-me de ser santa. É difícil conviver com Santos!
Mas uma velha rabugenta, Senhor, é obra prima do diabo!

Acho que a oração pode ser feita por pessoas jovens também, pois essas manias não são exclusivas das velhinhas.

Fique agora com uma dúvida, será que escrever crônicas semanais e mandar para todos os amigos é mania? Se for, azar o de vocês, amigo é para isso mesmo.

Acir Montanhaur

Sobre Acir Montanhaur

Faço do mundo a minha morada, conhecendo lugares nunca vistos. Conheço a mim mesma me vendo em outros rostos, em outras culturas. O meu encontro e encanto com outros mundos é o encontro e encanto com uma parte adormecida e inexplorada em mim, que anseia pelo desconhecido.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *