Sou minha, mas me empresto para você

Sou dona única de mim, sem sócios. Decido o que quero, cuido, faço minhas vontades. Tenho um carinho muito grande por esta que é minha maior e mais valiosa propriedade. Cada decisão que eu tomar e o que fizer de mim envolve possibilidades, reflete diretamente em tudo o que acontece com essa peça única, que me foi dada quando eu nasci, que vai me acompanhar por toda a vida. Essa que já viveu tanta coisa, com tantas outras pela frente, que venho cuidando com carinho, conflitos e confusões.Sou minha, mas me empresto pra você 1

É por isso que, quando você me pergunta, “você é minha?”, eu sorrio e te respondo que não. Posso ser ‘sua’ com as devidas reticências. Sua amiga, sua esposa, sua namorada, sua conselheira, mas nunca sua em minha completude. Pois só posso ser minha. Só posso me emprestar para que você tenha todo o cuidado e carinho.

Confesso que adoro me compartilhar com você, caixinhas de aventuras, saquinhos de gargalhadas, ouvidos pacientes e até meu olhar desconfiado. Com você eu divido partes de mim. Hora muitas, hora poucas, hora pego tudo de volta. Só nunca diga que eu sou sua, assim com ponto final.

Não se ofenda ou pense que isso é ruim, muito pelo contrário. Não muda em nada minha lealdade, honestidade e sinceridade. Sem donos, nem senhores, nem inquilinos, fazer parte da sua vida é minha escolha. Que será feita sempre que nossa troca for valorizada, nos momentos bons e ruins, oferecendo a mão, o sorriso, a palavra, o abraço.

Podemos dançar juntos na chuva, não é ela que vai me retirar de cena. Se me quer sempre por aqui, com minhas reticências, cuide, pois me empresto para você, mas sou minha, com o único ponto final.

Andressa, a detalhista

Sobre Andressa, a detalhista

A profissão de fotógrafa já denuncia minha atenção e gosto pelo detalhe. Apesar de amar as imagens, também adoro escrever e principalmente, pensar sobre o cotidiano. Formada em jornalismo, trabalhei nesta área antes de morar na Irlanda, onde passei quase dois anos. Conhecer e explorar o novo é sempre bem-vindo. Assim também é um bom brigadeiro de panela.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *