Por qual causa você doaria seus cabelos?

Por qual causa você doaria seus cabelos? 1

Hoje boa parte do meu cabelo se foi. Confesso que é doloroso ver cerca de 20 centímetros de madeixas castanho escuras e levemente onduladas no chão do salão de beleza. Pela primeira vez na vida não olhei meu reflexo no espelho enquanto a transformação acontecia, mas fechei os olhos com firmeza e só abri depois que o trabalho havia acabado. Fui embora com o coração apertado e quase arrependida, afinal quem é mulher sabe o quanto o cabelo representa em nossa feminilidade, estilo e confiança.

Acontece que aqueles 20 centímetros de mechas, quando estavam em minha cabeça pareciam finos, sem vida, danificados, resultado de uma anemia grave que tive no ano passado. O jeito foi literalmente cortar o mal pela raiz! Agora, com cabelos saudáveis e volumosos me sinto melhor, mas como recuperar a minha confiança e autoestima?

Quando fiquei doente e meus cabelos caíram, eu não sabia, mas era resultado de uma alimentação desregrada para uma pessoa vegetariana. Ainda hoje não sou exemplo a ser seguido com relação à dieta equilibrada, mas não foi por mim que eu tomei esta decisão, talvez a mais importante de minha vida.

Foi pelos milhares de animais que morrem e são explorados todos os dias em todos os cantos do mundo, sem o direito de viver e de ser feliz, simplesmente porque nós, humanos, decidimos que seria assim.

Meus irmãozinhos de outras espécies, peço perdão por não conseguir fazer mais para defende-los, mas farei minha parte até o último dia de minha existência neste plano físico. O sofrimento de não ter meus cabelos longos não é nada comparado ao que vocês passam, uma tortura sem tamanho, um holocausto que acontece diante dos olhos do mundo, mas que ninguém enxerga. Por vocês eu ficaria careca se preciso fosse.

E você, por qual causa doaria seus cabelos?

 

Mariana, a sensível

Sobre Mariana, a sensível

Sou apaixonada por tudo que se move ou move algo dentro de mim. O diferente me fascina e o improvável me desafia a querer me superar em todos os sentidos. De modo geral, acredito nos ensinamentos do mestre Mahatma Gandhi: de modo suave, você pode sacudir o mundo.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *