O Trono de Ferro

 

O Trono de Ferro 1Esta semana eu fui à Bienal do Livro em São Paulo. Eles montaram uma réplica do trono de ferro de “Game of thrones” sou fã dos livros, li todos e aguardo que o escritor George R.R. Martin escreva o sexto livro.

Eu queria muito sentar no “trono de ferro”, enfrentei uma longa fila para fazer isso.

Para quem não conhece os livros ou a série, no site: http://wiki.gameofthronesbr.com tem a seguinte explicação:

O Trono de Ferro foi construído por Aegon I Targaryen, o primeiro Rei dos Sete Reinos. Aegon, o Conquistador ordenou a construção de um Trono com as espadas fundidas dos inimigos que venceu; supostamente, mil lâminas foram utilizadas, aquecidas pelo fogo soprado pelo dragão Balerion; a forja levou cinquenta e nove dias.

O Trono de Ferro é uma monstruosidade de espetos, bordas afiadas e metal torcido. É desconfortável, e o encosto é de aço com pontas afiadas, tornando recostar-se impossível. Aegon I assim ordenou que fosse feito, dizendo que um Rei nunca deveria sentar-se facilmente.

O rei Aegon I foi o conquistador dos sete reinos. O trono de ferro simboliza que o poder domina e machuca.

Os livros são cheios de tramas e politicagem, o que me lembra de o que nosso país está vivendo. Todos querem se sentar no “trono de ferro” e maquinações políticas são feitas para isso. E como nos livros o que interessa é o poder, ninguém pensa no que é melhor para o povo e o país. E a realidade imita a ficção.

E nosso povo continua oprimido e o Brasil sendo explorado e sucateado por corruptos sem escrúpulos capazes de qualquer coisa para sentarem-se no “trono de ferro”. E o mais assustador de tudo é que eles são reais!

Acir, a viajante

Sobre Acir, a viajante

Faço do mundo a minha morada, conhecendo lugares nunca vistos. Conheço a mim mesma me vendo em outros rostos, em outras culturas. O meu encontro e encanto com outros mundos é o encontro e encanto com uma parte adormecida e inexplorada em mim, que anseia pelo desconhecido.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *