O circo chegou!

O circo chegou! 1

Quando eu era criança, era apaixonada pelo circo e sempre aparecia um circo no meu bairro. Uma vez uma jovem adolescente do bairro fugiu com o circo. Eu achei o máximo! E pensei: –  Quando eu crescer vou fugir com o circo também!

O tempo passou, eu cresci,  não fugi com o circo. Mas meu fascínio pelo circo nunca deixou de existir. Quando o meu filho era pequeno, eu o levava a todos os espetáculos de circo que podia. Hoje tenho meu netinho com um ano, estou esperando que ele faça quatro anos para colocá-lo na escola de circo do meu amigo palhaço Christian Mathias. Eu não fugi com o circo, mas um dos meus melhores amigos é um palhaço! E eu posso assistir mil vezes as reprises de palhaço que ele faz que vou rir em todas elas.

Hoje à noite vou a uma apresentação de circo com o ator Domingos Montagner, estou ansiosa igual quando era criança. Convidei meu amigo palhaço para ir também, vai ser muito divertido. Cada vez que assisto a um espetáculo circense, volto a ser criança, acho que não importa a idade que eu tenha ou venha a ter, a sensação vai ser sempre a mesma, a música, o show, o mágico, os trapezistas, os palhaços, principalmente os palhaços que me fazem rir feito criança.

O meu amigo palhaço tem o dom de fazer todos rirem, de despertar em nós nossa criança interior. Quando ele coloca sua roupa de palhaço e pinta o rosto, o riso começa e o mundo fica colorido como as cores do circo.

No site: http://www.suapesquisa.com, diz sobre a História do circo

O circo é uma expressão artística, parte da cultura popular, que visa à diversão e o entretenimento dos espectadores.

Há referências sobre o circo desde a antiguidade. Durante o império Romano, por exemplo, grupos de pessoas ganhavam a vida fazendo apresentações na rua, nas casas de famílias nobres ou até mesmo em arenas destinadas às apresentações (anfiteatros).

Na Idade Média, grupos de malabaristas, artistas de teatro e bufões (comediantes) viajavam pelas cidades da Europa com suas apresentações.

Porém, foi somente em 1769 que o circo ganhou o formato que temos atualmente. Neste ano, o inglês Philip Astley organizou as apresentações circenses, destinando também uma tenda de lona para as apresentações. Estas seriam itinerantes (com mudança constante do local de apresentação).

Embora enfrentem um período de crise na atualidade, os circos ainda fazem sucesso, principalmente nas reuniões do interior do Brasil. As apresentações contam com palhaços, shows musicais, malabaristas, equilibristas, apresentadores, domador de animais, acrobatas, mágicos e trapezistas.

No dia 27 de março comemora-se o dia do circo e no dia 10 de dezembro comemora-se o dia do palhaço.

Que em cada um de nós nunca deixe de morar uma criança que se encanta e ri com o palhaço do circo e que principalmente não perca o encanto pela vida.

 

Acir, a viajante

Sobre Acir, a viajante

Faço do mundo a minha morada, conhecendo lugares nunca vistos. Conheço a mim mesma me vendo em outros rostos, em outras culturas. O meu encontro e encanto com outros mundos é o encontro e encanto com uma parte adormecida e inexplorada em mim, que anseia pelo desconhecido.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *