O animal satisfeito dorme

Já dizia Guimarães Rosa, o animal satisfeito dorme. Instintivamente o animal não vai gastar energia desnecessária a não ser que seja para se alimentar, disputar território, procriar, proteger os filhotes…em condições amenas, ele dorme, satisfeito de si e do que conseguiu por hoje, ele apenas dorme esperando pelas condições que o amanhã trará.

A insatisfação é o que nos diferencia do animal puramente instintivo para o animal intelectual, e por vezes instintivo, que somos.

É o que nos tira da inércia camuflada através de padrões sociais. “Já fiz minha faculdade, não preciso mais estudar”, “Sou jovem, não tenho que me preocupar com a saúde”, “Sou um bom marido, não preciso dar flores”. São apenas alguns dos exemplos da falta de insatisfação no nível relacional do ser com o meio e com ele mesmo.

Desta forma, o indivíduo perde inúmeras oportunidades de crescimento. Perde a oportunidade de olhar para dentro com uma inquietação que o impulsiona a criar metas e trabalhar duro para atingi-las. Perde a chance de ser acima da média, de conquistar o que outros não tiveram coragem e de despertar o melhor em si.

O que é completamente diferente de uma insatisfação sem embasamento, em que o indivíduo está sempre em busca de algo, sem saber o que, sem saber como ou em que momento agir, deixando a melancolia e o vazio tomarem conta. É praticamente uma ingratidão em que a pessoal está insatisfeita sem motivos e não consegue aquietar seu coração.

Olhar o mesmo cenário de uma forma mais exigente e conscientemente insatisfeita é o caminho transformador. Sinta-se feliz pelo que conquistou e por tudo o que passou para chegar até aqui, mas nunca pleno, satisfeito.

É urgente, portanto, que saiamos de nossas tocas e acordemos desta hibernação em que nos colocamos.

Mariana, a sensível

Sobre Mariana, a sensível

Sou apaixonada por tudo que se move ou move algo dentro de mim. O diferente me fascina e o improvável me desafia a querer me superar em todos os sentidos. De modo geral, acredito nos ensinamentos do mestre Mahatma Gandhi: de modo suave, você pode sacudir o mundo.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *