O abraço

Da alegria,O abraço 1

Do dever cumprido,

Do orgulho no peito.

Da esperança renovada

Dos sacrifícios válidos

Da dor superada.

Da ternura,

Do amor,

Da parceria,

Do aconchego,

Da proteção.

Pura clareza, eterna sintonia

Razão de viver.

* Esse poema é dedicado a minha mãe, Maria de Jesus e a todas as mães que dedicam o amor maior do mundo aos seus filhos por meio de um abraço e outros tantos gestos surpreendentes!

 

Daniella, a intensa

Sobre Daniella, a intensa

Para viver preciso acreditar nos sentimentos mais profundos que a alma humana pode oferecer. O infinito para mim é bastante atraente e o "meio termo" praticamente não existe. Tenho uma alma intensa, carismática, dramática. E é com toda essa intensidade que procuro dar o meu melhor como mãe, esposa, filha, irmã, amiga, jornalista, poetisa!

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *