NAVEGAR

O rio corre sereno,
com seu esplêndido som traz acalento,
me preparo e seguro firme o remo
a canoa esperou por tanto tempo
deslizo e sinto a superfície mudar
em terra firme não vou mais estar
a correnteza passa a me levar
apesar de eu ainda achar
que dirijo meu caminhar
a vida se encarrega mais uma vez de me ensinar
que nada sei desse lugar
afinal quem esta a me guiar?
seria eu a remar?, a canoa a deslizar?
ou o rio a realizar
seu propósito navegar.

Ana, a atrevida

Sobre Ana, a atrevida

Atrevo-me a me inspirar, atrevo-me a mergulhar profundamente em letras, espaços e pontos, símbolos conducentes, ícones de sentimentos (...) me atrevendo me formei em artes visuais, me atrevendo me dedico a profissão de editora de imagens já por quase vinte anos, me atrevendo pinto, bordo, costuro. Me atrevendo me casei. Me atrevendo viajei o mundo, me atrevendo escrevo às sextas e você me lê. Atrevida!

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *