Minha vida, meu mundo!

Mulher, advogada, amiga, tia, namorada, filha e tantas outras… Sou uma mulher que desde cedo sempre fui intensa. Bati de frente com as tradições, questionei o mundo e as pessoas, sendo a típica ovelha negra sabe? Aquela que adora um debate,  de jogar pesado com quem ama e a que fala a verdade doa a quem doer. Na verdade sempre fiz isso para mostrar às pessoas que amo o que está claro na frente delas e elas se recusam a ver. Sou chata. Cobro demais os outros e principalmente, eu mesma. Resolvo o problema do mundo, menos o meu mundo.

Mas, os anos passam… E com todas as quedas que levei e levantei, todos os debates que tive,  questionamentos que fiz,  e com tantas pessoas que passaram em minha vida (e permanecem nela),  descobri recentemente o quanto elas são únicas em sua essência.  E, por mais que eu saiba e veja tudo tão claro, não tenho o direito de mostrar o que elas não conseguem enxergar. Não por serem  ‘cegas’, mas porque cada um tem o seu tempo, sua realidade, seu mundo.

Hoje, cuido do meu mundo. Resolvo os problemas dele e querem saber? Ficou muito mais fácil entendê-lo! Sinto que é como a paixão:  forte, intensa, que chega até a sufocar, mas quando você percebe já está entregue. Porém num piscar de olhos ela acaba e ai você acorda de um sonho rápido e vazio.

Portanto decidi que na minha vida não quero ser PAIXÃO, mas o AMOR,  calmo, compreensivo. Aquele que é livre, que respeita,  que mostra a verdade, mas no seu tempo, na sua hora. É por isso que amo a vida e todos que estão em meu mundo.  E só tenho a agradecer a todos que me ajudaram a ser o que eu sou!

Luciana Roco

Sobre Luciana Roco

Mineira,amiga, filha, sobrinha, neta, tia e advogada. Uma mulher que sempre busca novas experiências, dentre elas, escrever sobre o universo feminino.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *