Meninas… vamos com calma!

Meninas... vamos com calma! 1Estava conversando com algumas amigas sobre casamento quando chega uma outra moça (que eu não conhecia) e diz:

ela: no meu casamento vai ter pelo menos 300 pessoas

eu: nossa… 300 pessoas só do seu lado é muita gente

ela: sim, mas não tem jeito. Minha mãe tem 8 irmãos, meu pai tem 9. Tem as primas, os maridos das primas, os filhos… chega em 300 pessoas rapidinho.

eu: você vai se casar em breve?

ela: não, mas já tenho que ir pensando…

eu: você tá namorando há muito tempo?

ela: eu não tenho namorado

Meninas… vamos com calma! De onde vem toda essa ansiedade de casar? Por que tanto desespero? Não temos nem namorado, nem um relacionamento sério e já estamos pensando no casamento, nos filhos? Aliás, estamos pensando no relacionamento e nos filhos ou SÓ na festa de casamento? O que eu vejo de mulher solteira ou mulher que acabou de começar a namorar planejar casamento (sem os namorados saberem!)… não tá escrito!

Elas estão namorando há um mês e já estão pensando no vestido, na Igreja e no buffet. Calma, gente! As mulheres estão desesperadas para se casar, mas não estão pensando no depois da cerimônia. Que isso… E nos 30, 40 ou 50 anos de casamento depois da festa, alguém pensou? Não, né. Pois é. Será que esses casamentos pensados e feitos no desespero têm algum futuro? A festa de casamento é só uma comemoração… o que realmente importa é o que vem depois. O casamento é o desenrolar natural de um relacionamento sério, que funciona, onde os dois se conhecem, se amam e querem ficar juntos. Casamento não é só a festa não. Vamos respirar e pensar nas coisas com tranquilidade. E tudo isso pensado junto com o o homem que está ao seu lado. O que adianta pressionar o pobre coitado até ele aceitar o compromisso e ficar casada só alguns meses…? Não é pior? Pensar a longo prazo é o caminho. E a festa de casamento? A festa é só um detalhe. Vamos com calma, meninas!

Lúcia, a exploradora

Sobre Lúcia, a exploradora

Estou sempre disposta a enfrentar os desafios que a vida ousa colocar em meu caminho. Uma feminista a explorar novos olhares, novos contornos. Escritora, tradutora, amante das letras e dos livros. Adoro conhecer o mundo, mas principalmente, as pessoas e suas mais incríveis histórias. Eu, exploradora de mim.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *