ME REVELAR

Compartilho hoje uma música composta por Zélia Duncan que tem uma lindíssima melodia perfeita pra uma sexta-feira, e perfeita também para refletir sobre auto conhecimento, sobre o que se acumula para viver. Observar e reconhecer as coisas que nos revelam é se abrir para outras e novas coisas.

Tudo aqui!
Quer me revelar
Minha letra
Minha roupa
Meu paladar
O que eu não digo
O que eu afirmo
Onde eu gosto de ficar
Quando amanheço
Quando me esqueço
Quando morro de medo do mar…

Tudo aqui!
Quer me revelar
Unhas roídas
Ausências, visitas
Cores na sala de estar….

O que eu procuro
O que eu rejeito
O que eu nunca vou recusar
Tudo em mim quer me revelar…

Tudo em mim!
Quer me revelar
Meu grito, meu beijo
Meu jeito de desejar
O que me preocupa
O que me ajuda
O que eu escolho prá amar
Quando amanheço
Quando me esqueço
Quando morro de medo do mar
Me Revelar
Zélia Duncan

Ana, a atrevida

Sobre Ana, a atrevida

Atrevo-me a me inspirar, atrevo-me a mergulhar profundamente em letras, espaços e pontos, símbolos conducentes, ícones de sentimentos (...) me atrevendo me formei em artes visuais, me atrevendo me dedico a profissão de editora de imagens já por quase vinte anos, me atrevendo pinto, bordo, costuro. Me atrevendo me casei. Me atrevendo viajei o mundo, me atrevendo escrevo às sextas e você me lê. Atrevida!

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *