Conteúdo de ‘Crônicas, Pensamentos e Poesias’ categoria

Os três Mosqueteiros do Rei 1

Os três Mosqueteiros do Rei

Hoje gostaria de escrever um pouco sobre amigos de longa data. Gostaria de falar de Franck, Áurea e Nonô. Tenho outros amigos maravilhosos, mas quero fazer uma homenagem a esses três amigos tão queridos. Conheci o Monsieur Franck Laurent em 1992 quando visitei a Aliança Francesa de Campinas, ele era o diretor. Um amigo francês […] Leia mais…

Adelaide era o nome dela 1

Adelaide era o nome dela

A primeira vez que a vi …me apaixonei. Adelaide era seu nome, e não me pergunte como eu sei disso. – “Uma tônica, por favor.” Virei – me para ver de onde vinha o som aveludado que suplicava por uma água gaseificada. Não terminei de virar meu corpo. Não conseguia me mexer ao observar os […] Leia mais…

Sou feita de retalhos- Cora Coralina 1

Sou feita de retalhos- Cora Coralina

Gostaria de compartilhar com você um texto lindo de Cora Coralina. “Sou feita de retalhos” define muito bem o que sou, uma mulher feita de retalhos, pedacinhos de cada experiência vivida, cada alegria, cada dor, pedacinhos de pessoas que passaram pela minha vida que me marcaram, deixaram saudades e pessoas amadas que continuam em minha […] Leia mais…

Corra, Lola. Corra 1

Corra, Lola. Corra

Desceu as escadas correndo, quase pulando degraus, mãos em punho fechado – como fazem os lutadores de boxe quando levantam a guarda – tentando manter o equilíbrio.  Conhecia bem aquele corredor estreito, cuja única fonte de luz vinha da porta ao final dele. Podia ouvir sua própria respiração curta e rápida, no mesmo ritmo que […] Leia mais…

Voltar atrás 3

Voltar atrás

  Quando estiver no meu passado, eu vou ver aquelas ruas Vou andar sobre suas pontes Vou jantar olhando a lua E visitar aquele cais. Estando em meu outro mundo, vou ouvir suas palavras E palavras de outras fontes me sentir de novo em casa, Embora lá eu não more mais. Velha amiga esta outra terra, vou andar nos seus […] Leia mais…

Viagem no tempo e es 1

Viagem no tempo

“Dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço ao mesmo tempo”, diz a física. Mas, pode o contrário ser verdadeiro? O mesmo corpo pode ocupar dois lugares diferentes simultaneamente? A física quântica diz que sim. Por mais que pareça confuso, uma coisa é simples: a mente pode ocupar dois, três ou mil lugares ao mesmo tempo, […] Leia mais…

O melhor lugar para se reabastecer

Vem, me dê a mão, estou aqui. Você nunca esteve só. Eu sei de tudo o que se passa em seu coração, mas quero ouvir seu desabafo. Descansa em mim, descarrega, não tenha medo. Desde quando você existiu eu já te amava. Acompanhei cada passo seu, cada sorriso, cada escolha. Eu estava lá a cada […] Leia mais…

Abraços grátis 2

Abraços grátis

Coisa boa é o abraço. Não um, não qualquer, mas O abraço. Que se enrola todo, que descansa a cabeça, que acolhe ou que é acolhido. Um abraço na pontinha dos pés, com os braços esticados lá no alto. Ou um abraço em que é preciso abaixar-se para alcançar quem está com os braços mais […] Leia mais…

Quando a mente dá 'tela azul', como recuperar o sistema 1

Quando a mente dá ‘tela azul’

Tem dias que parece que tudo virou de cabeça para baixo. Se nestes dias a mente fosse uma casa com alguns cômodos, que representariam áreas de nossas vidas, e houvesse como vê-la, a imagem seria de uma bagunça total. O que parecia estar em seu devido lugar caiu, ou quebrou, papeis se misturaram, voaram, objetos […] Leia mais…

"La Sebastiana", a casa de Pablo Neruda 1

“La Sebastiana”, a casa de Pablo Neruda

Nestas férias visitei o Chile. Visitei Valparaiso onde está a casa de Pablo Neruda. Fiquei emocionada quando entrei na casa. Foi como voltar no tempo e ser recebida pelo poeta e acompanha-lo enquanto mostrava sua encantadora casa. A vista é tão linda. De cada piso se vê Valparaiso e o mar pelas grandes janelas de […] Leia mais…

Beleza única 2

Beleza única

Sentir-se bem faz a vida fluir. O ‘bom dia’ soa mais feliz, espontâneo. O andar seguro, a firmeza, a leveza, o charme.  Movimentos descomplicados, soltos…  A beleza está nos detalhes, nas cores. Está na mudança, criatividade, personalidade. Nas ondas, nas linhas. A beleza está no cuidado, no querer bem. E querer bem a si mesma, sem […] Leia mais…

Desconstrução: tijolo por tijolo 1

Desconstrução: tijolo por tijolo

Dois mil e dezesseis foi um ano intenso pra mim, foi um ano de tomada de consciência espiritual. Desconstrução constante. Quanto mais eu desfazia meu preconceitos, mais eu percebia que haviam milhares de pequenos padrõezinhos instalados na nossa mente. A busca pela luz, pela força do sagrado feminino me trouxe uma visão mais espiritualizada do […] Leia mais…

Mulher forte, tá na hora de ter calma 2

Mulher forte, tá na hora de ter calma

Amiga, calma… Se tem algo que preciso te pedir é calma. Você vem sendo tão forte e mostrando que é o que pedem que a mulher moderna seja, mas está te faltando calma. Quanta tempestade, quantas palavras em vão, quanto impulso incontrolado e você acaba esgotada. Então respire e tenha calma. Sei que os tempos […] Leia mais…

Encontros e Despedidas 1

Encontros e Despedidas

A vida é um eterno encontro e despedidas como já dizia Milton Nascimento. Nesta semana uma das Faces está nos deixando para viver em Portugal. Fica sempre uma alegria triste. Uma das minhas melhores amigas está de partida para viver nos Estados Unidos, somos amigas há mais de vinte anos e caminhamos aos sábados na […] Leia mais…

A batalha unânime 1

A batalha unânime

Existe uma batalha em que não se perde quando se ganha. Onde caso haja vencedor, perdedor não haverá Nesta luta que não é fácil como pode parecer. Nem por um segundo a desmereça Ou se culpe, ou se zangue Por não vencer o vencedor. Nela é unânime a perda ou a vitória Que só depende de um […] Leia mais…

Uma noite 1

Uma noite

Numa noite de lua Bem cheia aflora Querer de um corpo Em chama explodir. De fora um ser Sussurra baixinho – Eu quero garota beijar-te aqui! Num breve momento Minha boca te toca Intenso fica o instante agora. O sol ao nascer no mar avistar O sonho acabou Num breve espaço de estar. Leia mais…

Ser herói de si 1

Ser herói de si

Naquela época eu era personagem primeira de minha história, embora pareça não ter sido. Embora eu quase acredite que era outra pessoa. Mas sei que era a protagonista, lembro de tudo com os olhos de narrador. Não onisciente, aquele que tudo sabe, pois em se tratando da vida real isso não é possível. Não sabia […] Leia mais…

Pense o que quiser 1

Pense o que quiser

Não tente me convencer com chantagens baratas, frases veladas e a sua opinião Fazer cara de absurdo, citar o resto do mundo ou contar das outras em vão. Minha verdade está dentro e só preciso provar algo para mim mesma e não a alguém Que já mostra que não sabe e deve contar vantagem sobre […] Leia mais…

Primaveras da vida 1

Primaveras da vida

Era uma jovem alegre e sonhadora a caminhar por largas ruas de um caminho que parecia não ter fim. Numa delas, havia tantas flores no trajeto que a vista não mais sabia onde começara e terminara todo aquele florido. Era uma flor mais bonita que a outra! Não à toa, aquele lugar era batizado de […] Leia mais…

Amor 1

Amor

Hoje gostaria de postar um poema de Gonçalves Dias. Todo mudo conhece a Canção do Exílio um dos poemas mais conhecido dele. Mas um dos meus preferidos é: Se se morre de amor, e eu gostaria de compartilhar com os leitores do Faces. Eu me apaixonei por esse poema na minha adolescência, é um lindo […] Leia mais…

Sunflower (Helianthus sp.) with smiley face and sunglasses, close-up

O MEU OLHAR É NÍTIDO COMO UM GIRASSOL

O meu olhar é nítido como um girassol. Tenho o costume de andar pelas estradas Olhando para a direita e para a esquerda, E de vez em quando olhando para trás… E o que vejo a cada momento É aquilo que nunca antes eu tinha visto, E eu sei dar por isso muito bem… Sei […] Leia mais…

História de uma paixão 1

História de uma paixão

No dia em que me apaixonei, vi em minha frente uma pessoa que eu não tinha visto antes. Foi de repente, foi num olhar que, primeiro, eu me senti estranha. Quase esbocei um sorriso curioso, de timidez e surpresa. Comecei a olhar a forma como se movia. O que é isso? Uau. No dia em […] Leia mais…

1 2