As mulheres não podem…

 

… dirigir, pilotar aviões, demonstrar sua opinião.

Recentemente, a Organização das Nações Unidas (ONU) lançou uma campanha mostrando as frases (absurdas) que mais são pesquisadas no Google. Se você quiser ver é só clicar em: http://www.unwomen.org/en/news/stories/2013/10/women-should-ads

A constatação é simples: ainda há muita gente que acredita que as mulheres são incapazes de dirigir, pilotar aviões, ter opinião própria, votar, trabalhar, entre tantas outras coisas. Não basta termos uma mulher presidente, não basta termos ganhado prêmios Nobel, não basta sermos a maioria nas universidades (e em cursos de mestrado e doutorado), não basta trabalharmos mais horas e melhor (e, mesmo assim, ganhar menos), muitos homens ainda (ainda!) acham que nos falta inteligência, coragem e capacidade.

Em empresas, uma mulher no mesmo cargo ocupado por um homem, quase sempre, tem muito mais anos de estudo, fala mais línguas e possui mais experiência. Além disso, uma coisa que vocês homens, nem devem se dar conta é o quanto é difícil (e chato) ter que aturar brincadeiras machistas totalmente sem graça. Uma mulher que ocupa o mesmo cargo que vocês é muito, mais muito mais forte do que vocês possam imaginar porque ela teve que provar para todo mundo que ela era capaz, sendo que vocês não precisaram fazer nada disso. Ela teve que mostrar que tem sim opinião relevante sobre diversos assuntos. Ela teve que impor limites claros com os colegas do sexo masculino. Ela teve que “relevar” as brincadeiras de mau gosto para não ser despedida. Ela teve que construir seu espaço e impor respeito. Você, homem, já tinha pensado que esse espaço que existe sem você fazer absolutamente nada fosse tão difícil de conquistar? Não? Pois é, ser mulher não é fácil. Mas você pode fazer a sua parte: respeitar suas colegas do sexo feminino já é um bom começo. Banir toda e qualquer “brincadeirinha” facilitaria muito a nossa vida.

O que nos falta é oportunidade. Oportunidade para provar que podemos, sim, pilotar aviões tão bem (e até melhor) do que os homens. Oportunidade para mostrar o quanto somos capazes. Mas eu até entendo os homens, tadinhos… Quando realmente nos derem espaço para mostrar até onde podemos chegar… não vai sobrar nada para eles. Aí, sim, não vai ser fácil ser homem. Aguardem, machistas: o futuro é das mulheres.  

Lucia Anderson

Sobre Lucia Anderson

Estou sempre disposta a enfrentar os desafios que a vida ousa colocar em meu caminho. Uma feminista a explorar novos olhares, novos contornos. Escritora, tradutora, amante das letras e dos livros. Adoro conhecer o mundo, mas principalmente, as pessoas e suas mais incríveis histórias. Eu, exploradora de mim.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *