AMIGOS

Essa semana, no último dia 20 de julho foi comemorado o Dia do Amigo. Fiquei pensando em quem teve a ideia de separar um dia do ano só para escolher que esta data seria dedicada ao amigo. Com certeza esta data nos fez refletir sobre a importância de ter amigos na vida.

Nos dias atuais uma famosa rede social intitula amigo como qualquer pessoa que solicite sua amizade, o que soa estranho, afinal, amizade se solicita? Mais estranho ainda é o numero que aparece ao lado da palavra amigo. Aliás, quantos amigos você tem no Facebook? 578? 1.489?

Hoje, alguém que você conhece de manhã já pode ser “seu amigo” a noite e ter acesso a fotos e vídeos de assuntos íntimos da sua vida no mesmo nível de quem te conhece a mais tempo.

Confesso que isso me chateia um pouco. Às vezes me pego pensando se por causa da rotina apertada e os inúmeros compromissos, ter amigos virou sinônimo de números de curtidas muitas vezes feitas por “amigos” que nem sequer sabem o que estão curtindo, ou aqueles que postam comentários breves copiados de outros comentários, ou outros que te enchem de elogios de permuta.

É triste reconhecer que hoje, muitos dos nossos amigos são mesmo só de internet. E os que encontramos cara a cara muitas vezes permeiam conversas em torno do que foi postado na rede. As vezes, por falta de acompanhar a vida um do outro mais de perto, os assuntos que surgem terminam sendo: – Eu vi o que você postou; que você estava lá, etc e tal.
Acredito que muitas amizades são formadas pelo tempo, pelo convívio, pelo o que a pessoa é de verdade e não pelo que parece ser. Amigos falam a verdade mesmo que não seja exatamente o que se quer ouvir, não nos enche de elogios e coraçõezinhos o tempo todo.

Amigos compartilham choro e riso na mesma intensidade, superam as mudanças, relevam o mal humor, tem paciência, acreditam em você, na amizade. Amigos são aqueles que queremos ver bem, sentar conversar, rir do tempo que passou. Amigos são aqueles de quem realmente sentimos saudade.

Não dá para ter 1.489 amigos. Não dá para se iludir com meros números e achar que está rodeado deles. Amigos são raros dá pra contar nos dedos e se você tem um já é uma pessoa de muita sorte! Por isso, independente de quantidade, preserve, cultive e cuide sempre dos seus amigos.

Ana, a atrevida

Sobre Ana, a atrevida

Atrevo-me a me inspirar, atrevo-me a mergulhar profundamente em letras, espaços e pontos, símbolos conducentes, ícones de sentimentos (...) me atrevendo me formei em artes visuais, me atrevendo me dedico a profissão de editora de imagens já por quase vinte anos, me atrevendo pinto, bordo, costuro. Me atrevendo me casei. Me atrevendo viajei o mundo, me atrevendo escrevo às sextas e você me lê. Atrevida!

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *