“Ai, socorro! Uma mulher independente! Vou sair correndo”

“Ai, socorro! Uma mulher independente! Vou sair correndo” 1“Como assim você não quer casar? Mas todas as mulheres querem casar (ainda mais comigo!)” → Primeiro, quem são essas “todas as mulheres” que você está falando? Precisamos rever isso, hein… Não, querido. Nem todas as mulheres querem casar. Muito menos com você.

“Você acha sua carreira mais importante do que eu. Ai, que medo! Vou sair correndo!” → Ah, a experiência… que dádiva. Depois de muitos relacionamentos, posso dizer com a certeza da experiência: sempre (sempre!!!) coloque-se em primeiro lugar. Os homens fazem isso e tudo bem, não é mesmo? Meninas, nada de mudar seus planos para “se adaptar” ao do namorado, noivo, marido, hein. Escute quem sabe o que está falando…

“Você dirige melhor do que eu! Ai, sou inseguro e vou sair correndo” → aprenda a dirigir, oras! Nem é difícil, vai. Ou, então, saia correndo e não volte!

“Você não precisa de mim para te sustentar, para carregar sua mala em uma viagem e nem para te proteger. Não sei lidar com uma mulher independente. Vou sair correndo” → isso, vai, meu bem. Saia correndo. Esse tipo de homem não acrescenta nada mesmo.

O que muitos homens não percebem é que o feminismo tira um peso enorme das costas deles. Não é muito melhor um casal que tem uma parceria, onde os dois trabalham, um apoia o outro quando precisa e, dessa maneira, eles se completam e crescem juntos? Ah, sim, na teoria é uma beleza. Mas na prática poucos homens aguentam uma mulher independente. Não sabem o que estão perdendo!

Lúcia, a exploradora

Sobre Lúcia, a exploradora

Estou sempre disposta a enfrentar os desafios que a vida ousa colocar em meu caminho. Uma feminista a explorar novos olhares, novos contornos. Escritora, tradutora, amante das letras e dos livros. Adoro conhecer o mundo, mas principalmente, as pessoas e suas mais incríveis histórias. Eu, exploradora de mim.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *