A procrastinação nossa de cada dia

A procrastinação nossa de cada dia 1Eu juro que não queria falar sobre ela, que evitei o assunto, dei desculpas sérias e esfarrapadas, mas chega uma hora que não tem escapatória: é preciso enfrentar as dificuldades com dignidade. E é por isso mesmo que, em uma tentativa de assumir o problema e tentar expurgá-lo, vou falar sobre procrastinação. Afinal, o que essa palavra complicada quer dizer?

O Houaiss explica: ato ou efeito de procrastinar; adiamento, demora. Procrastinar nada mais é do que adiar algo que se tem para fazer. Em bom português: enrolar. Tem um mês para fazer o trabalho de final de curso, mas acaba enrolando 29 dias e se mata para fazer tudo no último dia? Vai receber visita, mas deixa para fazer o almoço na última hora? Tem uma semana para escrever o texto do Faces, mas… deixa para lá! De repente, tudo é mais interessante do que fazer a obrigação: arrumar a casa, o armário, organizar os livros por assunto…

Li um artigo que associa a procrastinação a ansiedade. Adiar uma obrigação causa sensação de culpa e estresse. Que tal ter foco e dividir a tarefa em partes? Uma ideia é colocar prazos para você mesma: terminar o que tem que ser feito uma semana antes do último dia, por exemplo. Assim você vai ter tempo de revisar e, se for necessário, refazer o trabalho. Não é fácil, mas acredito que com disciplina e foco é possível transformar hábitos e fazer com que sua vida seja melhor e mais tranquila.

O que faz tempo que você está adiando? Pode ser começar academia, a se alimentar melhor ou simplesmente responder seus e-mails. Respire fundo, tome coragem e dê o primeiro passo. Depois que você começar, tudo vai ser mais fácil e você estará mais perto de completar a tarefa. Vamos parar de procrastinar, Lúcia?

Lúcia, a exploradora

Sobre Lúcia, a exploradora

Estou sempre disposta a enfrentar os desafios que a vida ousa colocar em meu caminho. Uma feminista a explorar novos olhares, novos contornos. Escritora, tradutora, amante das letras e dos livros. Adoro conhecer o mundo, mas principalmente, as pessoas e suas mais incríveis histórias. Eu, exploradora de mim.

Ver tudo

Comente este post!

O seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados (*)

Comentário *