Viagens e toques 1

Viagens e toques

  Viajo hoje para a Suíça, um dos países mais lindos e organizados que conheço! então resolvi escrever hoje, sexta-feira. Minha ideia inicial era escrever sobre viagens, mas surtei com meu marido devido a sua grande, enorme, super “desorganização”. Quando que casei, eu tinha vinte anos e não percebi isso, quando percebi, já era tarde! […] Leia mais…

O tempo em Eterno Movimento 1

O tempo em Eterno Movimento

Com todo mundo que você conversa nesta época é a mesma coisa: Como o tempo passou depressa!! Já é Natal, daqui a pouco é um novo ano!! O tempo voa e “a vida passa como um sopro” como diz o salmista. O tempo vai passar de qualquer jeito, não há como detê-lo. Ele estará conosco até […] Leia mais…

Dois atos de amor 1

Dois atos de amor

Quando eu tinha dezesseis anos, me apaixonei perdidamente por um rapaz de vinte e dois anos que trabalhava  na antiga Cia. Paulista de Força e Luz, onde meu pai trabalhava. Lembro-me até hoje quando o conheci. Meu pai estava de folga e ele foi falar com meu pai sobre o trabalho na subestação onde meu pai […] Leia mais…

Mulher Maravilha 1

Mulher Maravilha

Quando eu era criança, não queria ser uma princesa como a maioria das meninas, eu queria ser a Mulher Maravilha. Cresci assistindo a série que passava na TV nos anos setenta e oitenta onde Lynda Carter fazia a personagem. Eu queria ser forte, bonita e inteligente como ela. Ela lutava com homens e os vencia, […] Leia mais…

Equilíbrio e Harmonia 1

Amor, Equilíbrio e Harmonia

Esta semana foi o aniversário de um amigo muito querido o “Carlinhos”, fui eu que comecei a chamá-lo assim, pois ele sempre se apresentou como: “Carlos Alberto Fernandes”. Eu o conheci a mais de vinte anos atrás na Aliança Francesa, quando ele trabalhava como técnico de informática e era estudante de Engenharia da Unicamp. Não foi difícil […] Leia mais…

Cordel: o estandarte do imaginário popular 1

Cordel: o estandarte do imaginário popular

Fruto da Europa, quando trovadores na Idade Média divulgavam velhas histórias nas praças, em textos memorizados e cantadas, as chamadas Folhas Soltas (cordel) se consolidaram na Península Ibérica. Narrativas de heroísmo, guerra, amor, viagens e conquistas marítimas, além de fatos do cotidiano, eram os temas preferidos do público. Trazidas para o Brasil no século XVII, […] Leia mais…

Mãe e criança, pintura de Gustav Klimt (1862-1918)

Mães celestiais (a Adriana Daltri)

Na hospedaria do céu com certeza tem um lugar muito, mas muito especial para todas as mamães que partiram da terra e deixaram suas crias ainda pequenas.. Por mais que a lei natural da vida diga que é preciso estar preparado para se despedir da nossa mãe ( na verdade nunca estamos), o que acontece […] Leia mais…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O tempo

Fiquei pensando no Tempo que ao mesmo tempo que nos bate, nos afaga, às vezes nos tortura, às vezes nos consola. Herói ou vilão, vai nos roubando os melhores anos de nossas vidas, rouba nossas memórias, nossos sonhos, vai nos transformando e nos levando para um caminho sem volta. Faço minhas as palavras do poema de […] Leia mais…

O Circo 1

O Circo

No sábado à tarde meu filho e eu, levamos os pequenos no circo. Foi a primeira vez que os meus netos, o Chris de dois anos e meio e o David de um ano foram ao circo. Vi nos olhinhos deles o mesmo encanto que que ainda tenho pelo circo. As crianças, tão pequenas, ficaram […] Leia mais…

Depilação - Parte II 1

Depilação – Parte II

Na semana passada escrevi um texto sobre minha infeliz e traumática experiência com “depilação íntima”. Minhas amigas disseram que eu sou exagerada, que não dói tanto assim, que os homens gostam… Dói sim! e dói muito! E se os homens gostam, eles deveriam depilar as bolas deles com cera quente! Vou contar para vocês como foi. […] Leia mais…

Depilação: A tortura moderna 1

Depilação: A tortura moderna

Ontem eu estava a conversando com uma amiga sobre depilação. Ela é uma adepta ferrenha. Eu vivi cinquenta anos sem depilar minhas partes íntimas, mas sempre sendo pressionada pelas minhas amigas, primas, até minha mãe se depilava e eu não sabia. Não adiantava eu dizer que eu tinha uma boa relação com os meus pelos […] Leia mais…

Tarde de chuva 1

Tarde de chuva

Tarde quente e úmida. Procurávamos desesperadamente um lugar para concretizar o que nossa pele exalava: o desejo selvagem de copular nossos corpos. Lugar algum parecia adequado. Decidimos caminhar. Talvez a vontade passasse. Até que a fresta da porta de uma casa abandonada surgiu na nossa frente como um convite irrecusável. Principalmente agora que a chuva […] Leia mais…

No meio do caminhos...amoras! 1

No meio do caminho…amoras!

Era uma manhã linda de céu ensolarado e brisa refrescante. As nuvens esboçavam as mais variadas figuras que sombreavam suas formas no carrinho de bebê que carregava a menina. Era difícil se concentrar no trajeto. O olhar dividia a atenção entre o céu, o desvio do carrinho das calçadas esburacadas e os pássaros que insistiam […] Leia mais…

Precisamos falar sobre Professores 1

Precisamos falar sobre Professores

Esta semana aconteceu uma tragédia que chocou o país inteiro, o louco que incendiou uma creche em Minas. Uma professora se sacrificou para salvar seus alunos, há muitas tragédias em que professores se sacrificaram para salvar seus alunos. E tem sido assim ao longo da história. Ser professor é um sacerdócio. Não é fácil, principalmente […] Leia mais…

Os ipês estão floridos 1

Os ipês estão floridos

Eu amo a primavera porque tudo fica florido, principalmente os ipês. Eles ficam tão lindos somente as flores, sem as folhas. É tão lindo e tão efêmero como a vida. Não existe pessoa melhor para falar dos ipês do que Rubem Alves, como ele dizia, os olhos passeiam pela beleza dos ipês floridos. Compartilho com […] Leia mais…

Os três Mosqueteiros do Rei 1

Os três Mosqueteiros do Rei

Hoje gostaria de escrever um pouco sobre amigos de longa data. Gostaria de falar de Franck, Áurea e Nonô. Tenho outros amigos maravilhosos, mas quero fazer uma homenagem a esses três amigos tão queridos. Conheci o Monsieur Franck Laurent em 1992 quando visitei a Aliança Francesa de Campinas, ele era o diretor. Um amigo francês […] Leia mais…

Adelaide era o nome dela 1

Adelaide era o nome dela

A primeira vez que a vi …me apaixonei. Adelaide era seu nome, e não me pergunte como eu sei disso. – “Uma tônica, por favor.” Virei – me para ver de onde vinha o som aveludado que suplicava por uma água gaseificada. Não terminei de virar meu corpo. Não conseguia me mexer ao observar os […] Leia mais…

Sou feita de retalhos- Cora Coralina 1

Sou feita de retalhos- Cora Coralina

Gostaria de compartilhar com você um texto lindo de Cora Coralina. “Sou feita de retalhos” define muito bem o que sou, uma mulher feita de retalhos, pedacinhos de cada experiência vivida, cada alegria, cada dor, pedacinhos de pessoas que passaram pela minha vida que me marcaram, deixaram saudades e pessoas amadas que continuam em minha […] Leia mais…

Gerações 2

Gerações

Hoje, dia dos pais, tive meu querido pai almoçando em minha casa. E também meu amado filho que também é pai. Meu pai é apaixonado pelo neto e agora duplamente apaixonado pelos bisnetos e eles por ele. É tão bonito ver o meu pai brincando com os bisnetos. O Christopher, o mais velho é louco […] Leia mais…

linha do tempo daniella e euclides

V de pai

A, B, C, D… V de vô. Ou  seria de pai? A ansiedade dele permitira que apenas quatro letras antecedessem a consoante V por causa da demora em chegar na vigésima primeira letra do alfabeto. A vontade que a primeira palavrinha falada por ela fosse ‘vô’, era mais forte que a paciência de esperar a […] Leia mais…

imagem: gurl.com

Agosto, mês do desgosto?

Que desgosto que nada! Deixar de mi mi mi e agradecer a dádiva de viver ora com as alegrias, ora com os sofrimentos e dificuldades que nos cercam é o melhor que temos a fazer. Acredito que a junção de tudo isso é o que de fato torna o mês, seja ele qual for, grandioso. […] Leia mais…

Pequenas ilhas de prazeres 1

Pequenas ilhas de prazeres

Um dia desses estava conversando com  meu querido amigo Christian Mathias sobre “felicidade”. Ele me disse que felicidade era uma coleção de “pequenas ilhas de prazeres” que fazemos durante a vida. Fiquei pensando nas minhas pequenas ilhas de prazeres que venho colecionando. Pensei nos meus pequenos prazeres como ler um bom livro degustando um chocolate […] Leia mais…

1 2 3 22